Domingo, 17 de Dezembro de 2017

3/7/2012 - Indaiatuba - SP

Teatro Liceu tem programação de férias com a peça




Assessoria de Imprensa do Teatro Liceu

Após temporadas de sucesso em SP, RJ e viagens pelo país, o musical infantil com adaptação livre  do clássico “O Fantasma da Ópera”, e sob a direção de Rosi Campos, fica em cartaz na cidade de 7 a 29 de julho, aos sábados e domingos

Com temporadas prorrogadas nas capitais paulista e carioca, devido ao grande sucesso, e comemorando indicações aos principais prêmios do teatro infanto-juvenil brasileiro de 2011, o espetáculo “O Fantasma da Máscara” entra em cartaz no Teatro Liceu, em Campinas, com novos integrantes, durante o mês de julho.

A direção é de Rosi Campos, que, entre muitos trabalhos no teatro, cinema e televisão, deu vida à inesquecível Bruxa Morgana do "Castelo Rá Tim Bum", que também ganhou os palcos e o cinema.

Inspirados em obras do cineasta americano Tim Burton, os figurinos são de Livia Schurr e Pedro Bosnich. 

Texto, trilha e projeções
 
Escrita pelo autor mineiro Victor Louis Stutz, “O Fantasma da Máscara” é uma adaptação livre do clássico “O Fantasma da Ópera”, do francês Gaston Louis Alfred Leroux (1868 – 1927). 

O texto de "O Fantasma da Máscara", publicado pela Editora Saraiva, integra a lista de obras indicadas pelo International Board on Books for Young People (IBBY) e recebeu da Fundação Nacional do Livro Infanto-Juvenil (FNLIJ) o título de "Menção Altamente Recomendável" - Melhor Texto Categoria Teatro. 

Nesta versão bem brasileira do musical mais famoso do mundo, uma charmosa cantora chamada Belinha recebe de presente de aniversário uma gaiola e um livro que pertenceram a um misterioso maestro. Durante sua festa, as luzes se apagam e a jovem desaparece. Em seguida, uma série de pistas desafia o público a descobrir o paradeiro da cantora sequestrada e revelar a identidade secreta de "O Fantasma da Máscara". A trama, do início ao fim, reserva muitas surpresas para os espectadores. 

A trilha musical, que já virou CD, reforça o clima de aventura e suspense de “O Fantasma da Máscara” e foi especialmente composta por Charles Dalla, com a criação do letrista Walter Junior. 

Para estimular ainda mais a imaginação das crianças, o espetáculo utiliza o recurso da projeção de cenários digitais criados pelo ilustrador Osiris Junior com desenho de luz de Laura Figueiredo. 

As coreografias são de Jarbas Homem de Mello, que atualmente viaja o país como protagonista do musical “Cabaret”, ao lado de Claudia Raia. 

"O espetáculo conta com a participação de importantes nomes do cenário artístico e cultural atual. Unimos este time para realizar um espetáculo de alto nível, inteligente e divertido, acessível para toda a família e, principalmente, mágico para as crianças", afirma o ator e produtor executivo, Pedro Bosnich.

"Aceitei o convite para dirigir “O Fantasma da Máscara” com grande prazer, pois vi a possibilidade de montar não um infantil a mais, mas, sim, um espetáculo que unisse o lúdico, a magia e a comédia de outros tempos com os recursos tecnológicos dos dias de hoje, usando e abusando de projeções, cores, formas e música, muita música! Contando ainda com um elenco super preparado e profissional", diz Rosi Campos.

No ano passado, "O Fantasma da Máscara" recebeu 6 indicações ao Prêmio COCA-COLA FEMSA 2011: Melhor ator (Beto Marden), Melhor atriz coadjuvante (Naíma e Cristina Cândido), Melhor iluminação (Laura Figueiredo), Melhor direção (Rosi Campos) e Melhor produção (BM Produções).

Naíma também foi a vencedora do Prêmio Zilka Sallaberry 2011 de Melhor Atriz.

A temporada em Campinas traz no elenco os atores Beto Marden, Alexandre Pessoa, Cristina Cândido, Pedro Bosnich, Rejani Humphreys e Felipe Ventura.

A Direção

Rosângela Martins Campos, conhecida como Rosi Campos, nasceu em Bragança Paulista. É jornalista, formada pela Escola de Artes e Comunicação (USP). Após cinco anos na assessoria de imprensa da Som Livre, deixou de lado as redações para dedicar-se, exclusivamente, à carreira artística. Dentro da ECA atuou com o grupo "Geteca".

Depois ficou cinco anos no "Mambembe" e, em 1985, entrou no "Ornitorrinco". Sempre fez comédia e musical e, em 1989, criou o "Circo Grafitti".

O grupo trabalha fundamentalmente com musicais e já recebeu 17 prêmios com a peça “Você Vai Ver o Que Você Vai Ver”. Produziu espetáculos como “Almanaque Brasil”, sobre televisão e rádio, e “Gato Preto”, sobre cabarés.

Nos últimos anos, Rosi esteve no palco em “Ela pensa que é normal” (indicada ao Prêmio de melhor atriz da Associação dos Produtores de Espetáculos Teatrais do Estado de São Paulo) e  “Fantasia de Fedra Furor”.

Outros espetáculos de destaque são “As Sereias da Zona Sul”, com direção de Miguel Falabella, “Ubu, Pholias Phísicas, Pataphísicas e Musicaes”, de Cacá Rosset, e “Mãos ao Alto, São Paulo!”.

Sua trajetória no cinema também é extensa e inclui filmes como “Arrepio”, “Ed Mort”, “Avassaladoras”, “Tapete Vermelho”, “O Menino da Porteira” e “Chico Xavier”.

Na TV, estreou na novela “Brasileiros e Brasileiras”, no SBT. Em seguida apresentou o “Telecurso” na Rede Globo e TV Cultura,  onde foi convidada pelo roteirista Emanuel Carneiro para interpretar a Bruxa Morgana no clássico“Castelo Rá-Tim-Bum”, que consagrou seu trabalho junto ao público infantil. Rosi ainda reviveu a personagem no cinema, com o filme homônimo e no teatro em “A Saga da Bruxa Morgana e o Enigma do Tempo”.

Esteve no elenco principal da Rede Globo em novelas como “Cara & Coroa”, “Salsa e Merengue”, “Da Cor do Pecado”, “América”, “O Profeta”, “Insensato Coração”  e nas minisséries "A Casa das Sete Mulheres”, “Hilda Furacão” e “As Cariocas”.

São cerca de 35 anos de uma carreira na qual Rosi Campos é atriz, produtora, roteirista, diretora e administradora.

Recebeu carinhosamente o convite para dirigir “O Fantasma da Máscara” e, da mesma forma, o aceitou. Para a produção, é uma honra tê-la neste projeto.

Rosi é assistida em sua direção por Suzan Damasceno.

Ficha técnica do espetáculo “O Fantasma da Máscara”

Texto: Victor Louis Stutz
Direção Geral: Rosi Campos
Assistente de Direção: Suzan Damasceno
Direção Musical: Charles Dalla
Música: Charles Dalla
Letra: Walter Junior e Charles Dalla
Coreografia: Jarbas Homem de Mello
Ilustração e Direção de Arte: Osiris Junior
Assistente de Arte: Alexandre Pessôa
Cenário: Ciça Gut
Desenho de Luz: Laura Figueiredo
Figurino: Livia Schurr e Pedro Bosnich
Costureira: Inês Crepaldi
Cabelo e Peruca: Samuel Jabes
Maquiagem: Chloé Gaya
Direção Artística: Beto Marden
Direção de Produção: Pedro Bosnich
Administraçāo: Andrea Porto
Fotografia: Gabriel Boieras
Realização: Bosnich+Marden Produções

“O Fantasma da Máscara” – www.ofantasma.com.br

Serviço :

Espetáculo musical infantil: “O Fantasma da Máscara”
Local: Teatro Liceu. Rua Baronesa Geraldo Resende, 330, bairro Guanabara – Campinas
Telefone: (19) 3744-6823
Estreia: 07 de julho, às 16 horas
Temporada: até 29 de julho, aos sábados e domingos
Horário: 16 horas
Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)
Expediente da bilheteria: 03 (três) horas antes do espetáculo
Acesso universal - Ar Condicionado - Aceita dinheiro e todos os cartões
Ingressos antecipados: www.ingressorapido.com.br e telefone 4003-1212
Estacionamento no local. 

Duração: 60 minutos - Classificação: Livre



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Indaiatuba Fácil.


Enviar esta notícia por email
Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2017, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.