Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019

18/7/2012 - Indaiatuba - SP

Indaiatuba sedia treino da seleção brasileira de luta de braço dia 28




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Indaiatuba

 

O Centro de Treinamento (CT) de Luta de Braço de Indaiatuba recebe pela primeira vez no próximo dia 28 de julho, sábado, das 14h às 18h, o treinamento preparatório para o Campeonato Mundial da modalidade, agendado para o período de 10 a 18 de setembro, na cidade de São Vicente. Cerca de 200 atletas das categorias Master, Sênior, Junior e PCD (Pessoas com Deficiência) que alcançaram índices classificatórios para a competição internacional e também técnicos de ponta como Andréa Lopes, Vitor Munhoz e André Castro participarão das atividades. O evento é aberto ao público e tem entrada gratuita. Informações no telefone (19) 3825-6271.
Cidade com grande tradição em conquistas neste esporte e sede do CT desde 1998, Indaiatuba conseguiu classificar sete atletas para o Mundial na equipe Secretaria Municipal de Esportes: Andrea Lopes (categoria +80Kg Sênior e Master), Wagner Bortolato (categoria 110Kg Sênior), Giuseppe Panzetti (categoria 80Kg Júnior), Maraline Pardim Barbieri (categoria 70Kg Sênior), Marcelo Santos (categoria 80Kg Sênior), Waldirinha Lopes (categoria 65Kg Master) e Édson Moreira (categoria 80Kg Master).
“ Indaiatuba é berço de grandes atletas em luta de braço”, destaca o secretário de Esportes, Humberto Panzetti. “Temos mais de 15 títulos mundiais e seguimos buscando novas conquistas, é uma satisfação sediar este evento. No CT temos hoje cerca de 150 crianças em treinamento mas o maior objetivo não é identificar novos campeões, mas sim permitir que as crianças exerçam sua cidadania, aprendam conceitos éticos de competição saudável e vejam que podem se desenvolver. O contato com os melhores é importante para motivá-los”, finaliza.
“Nosso CT foi selecionado justamente pela infra-estrutura, tecnologia e equipamentos específicos que dispõe”, explica a técnica e atleta Andréa Lopes. “Será uma grande oportunidade de conhecer os melhores atletas e técnicos do país, além de acompanhar as melhores práticas da modalidade, toda a população está convidada”, diz.
Esporte como exercício da cidadania e inclusão social
O esporte competitivo em Indaiatuba tem como objetivo primordial inspirar e estimular crianças e jovens para a prática esportiva, tendo como exemplo atletas de sucesso que iniciaram sua carreira no Pria (Programa de Recreação, Iniciação e Aperfeiçoamento) da Secretaria Municipal de Esportes. Direcionado a crianças na faixa etária de 06 a 15 anos, o projeto oferece atendimento gratuito para 17 modalidades em 19 pólos. Suas metas são o desenvolvimento da ética esportiva, a valorização do caráter educacional do esporte, a cooperação, a consciência corporal e o exercício pleno da cidadania, com amplo acesso à participação popular.
Serviço
Centro de Treinamento de Luta de Braço - Rua Nicarágua, 240 – Parque Boa Esperança

O Centro de Treinamento (CT) de Luta de Braço de Indaiatuba recebe pela primeira vez no próximo dia 28 de julho, sábado, das 14h às 18h, o treinamento preparatório para o Campeonato Mundial da modalidade, agendado para o período de 10 a 18 de setembro, na cidade de São Vicente. Cerca de 200 atletas das categorias Master, Sênior, Junior e PCD (Pessoas com Deficiência) que alcançaram índices classificatórios para a competição internacional e também técnicos de ponta como Andréa Lopes, Vitor Munhoz e André Castro participarão das atividades. O evento é aberto ao público e tem entrada gratuita. Informações no telefone (19) 3825-6271.


Cidade com grande tradição em conquistas neste esporte e sede do CT desde 1998, Indaiatuba conseguiu classificar sete atletas para o Mundial na equipe Secretaria Municipal de Esportes: Andrea Lopes (categoria +80Kg Sênior e Master), Wagner Bortolato (categoria 110Kg Sênior), Giuseppe Panzetti (categoria 80Kg Júnior), Maraline Pardim Barbieri (categoria 70Kg Sênior), Marcelo Santos (categoria 80Kg Sênior), Waldirinha Lopes (categoria 65Kg Master) e Édson Moreira (categoria 80Kg Master).


“ Indaiatuba é berço de grandes atletas em luta de braço”, destaca o secretário de Esportes, Humberto Panzetti. “Temos mais de 15 títulos mundiais e seguimos buscando novas conquistas, é uma satisfação sediar este evento. No CT temos hoje cerca de 150 crianças em treinamento mas o maior objetivo não é identificar novos campeões, mas sim permitir que as crianças exerçam sua cidadania, aprendam conceitos éticos de competição saudável e vejam que podem se desenvolver. O contato com os melhores é importante para motivá-los”, finaliza.


“Nosso CT foi selecionado justamente pela infra-estrutura, tecnologia e equipamentos específicos que dispõe”, explica a técnica e atleta Andréa Lopes. “Será uma grande oportunidade de conhecer os melhores atletas e técnicos do país, além de acompanhar as melhores práticas da modalidade, toda a população está convidada”, diz.


Esporte como exercício da cidadania e inclusão social


O esporte competitivo em Indaiatuba tem como objetivo primordial inspirar e estimular crianças e jovens para a prática esportiva, tendo como exemplo atletas de sucesso que iniciaram sua carreira no Pria (Programa de Recreação, Iniciação e Aperfeiçoamento) da Secretaria Municipal de Esportes. Direcionado a crianças na faixa etária de 06 a 15 anos, o projeto oferece atendimento gratuito para 17 modalidades em 19 pólos. Suas metas são o desenvolvimento da ética esportiva, a valorização do caráter educacional do esporte, a cooperação, a consciência corporal e o exercício pleno da cidadania, com amplo acesso à participação popular.


Serviço


Centro de Treinamento de Luta de Braço - Rua Nicarágua, 240 – Parque Boa Esperança

 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Indaiatuba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.