Quinta-Feira, 12 de Dezembro de 2019

25/11/2019 - Indaiatuba - SP

Grupo de Indaiatuba arrecada e conserta brinquedos para alegrar Natal de crianças carentes




Grupo de Indaiatuba (SP) criou uma UTI para consertar brinquedos doados para crianças carentes — Foto: Bianca Rosa/EPTV

 

Idealizadora projeta atender até 5 mil crianças neste ano

Por EPTV 1

Faltando pouco mais de um mês para o Natal, voluntárias de Indaiatuba (SP) estão trabalhando a todo vapor para garantir a alegria de até 5 mil crianças carentes. Além de arrecadar brinquedos para doação, o grupo organiza, limpa e conserta os objetos. Segundo a equipe, até 90% dos livros, jogos ou bonecos e bonecas danificados são recuperados.

A iniciativa de alegrar o Natal de crianças carentes teve início há sete anos, com Clélia Santos. Ela conta que idealizou o projeto baseado em sua própria história.

 

"Tem tudo a ver com a minha infância, eu não ganhava presente do Papai Noel. Eu morava em um cortiço, esperava o Papai Noel na minha casa e ele não aparecia", lembra Clélia.

 

"Quando me casei eu falei: 'olha, todo ano a gente vai adotar duas, três, quatro crianças', e isso foi crescendo. Hoje o projeto, com todas as famílias que fazem parte, a gente consegue atender até 5 mil crianças", conta a idealizadora do Clube do Bem.

E a mobilização do grupo ganhou a cidade de Indaiatuba. São vários pontos de coleta de brinquedos seminovos ou usados em bom estado. As voluntárias contam que parte dos produtos recebidos, no entanto, aguardam uma parte importantes antes de seguirem para doação: as pilhas.

UTI de brinquedos

Contando com a colaboração de voluntários, o grupo verifica o estado de cada brinquedo, se todas as peças e funcionalidades estão ativas. Quando necessário, o produto vai para uma bancada que é uma espécie de UTI de brinquedos. Livros são colados, bonecas ganham novas pernas e por aí vai.

"A gente verifica se está tudo em ordem, monta, vê se está tudo adequado para poder mandar para a criança. Se não está, a gente deixa separado até tentar completar. Para mandar para a criança tudo em ordem", explica a voluntária Keiti Siqueira.

Depois o material arrecadado, já em ordem, ou seja, consertado, limpo e testado, é embrulhado e separado de acordo com a faixa etária das crianças atendidas. A entrega deste ano está programada para ocorrer no dia 18 de dezembro.

 


Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Indaiatuba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.